Moradores de Eunápolis sofrem com infestação de escorpião: “Achei um escorpião na cama do meu filho”

A comerciante Bruna Ferreira, moradora do bairro Arnaldão, em Eunápolis, no extremo sul da bahia, vem encontrando algumas surpresas desagradáveis em sua casa. Ela relatou que no período de oito dias, encontrou 5 escorpiões adultos e 13 filhotes dentro do imóvel onde mora com o filho, de apenas sete anos.

” Achei um escorpião na cama do meu filho. Fiquei assustada, já comprei veneno, limpo a casa o tempo todo”, relatou.

Dados emitidos pela da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do município, há registro de que 71 pessoas foram picadas por escorpiões e atendidas no Hospital Regional de Eunápolis, só este ano. Não há registro de mortes. A unidade é a única na cidade que aplica o soro antiescorpiônico.

Ao picar um humano o escorpião injeta na vítima um veneno neurotóxico, que age no sistema nervoso e provoca dor intensa, a princípio no local da picada, e que, na sequência, vai se espalhando para todo corpo. A evolução para um quadro grave pode ser rápida – algo como uma ou duas horas. Por isso, é fundamental o atendimento imediato, principalmente para crianças, que geralmente ficam em estado grave e podem morrer.

Para os moradores do bairro a infestação de escorpiões está alta porque algumas casas são próximas a fazendas. Os moradores também dizem que a incidência está maior neste mês de abril porque com a aproximação do inverno. Diante do clima mais frio, os escorpiões saem das tocas e invadem as casas em busca de alimentos e abrigo.

As picadas de escorpião não foram registradas apenas no bairro Arnaldão, os casos também são frequentes no residencial Parque Renovação. O presidente da associação dos moradores do Renovação, Teófilo Gusmão quatro ruas do residencial estão com infestação de escorpiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *